Street Style from Copenhagen FW

Penso que esta é uma estreia por aqui. Copenhaga não é das maiores capitais de moda e ainda menos se esforça por dar nas vistas. Pelo menos em comparação com as restantes “capitais do street style”, são menos extravagantes, com o minimalismo que é característico de terras escandinavas. Por outro lado, sendo Copenhaga uma das cidades mais caras do mundo e com alto nível de vida, é quase como se fosse um bocadinho batota o facto de estarem sempre impecáveis :) e fazem-no tão naturalmente que até ligamos menos. Por último, os fashion designers dinamarqueses não são tão conhecidos a nível internacional e daí espreitarmos muito menos esta fashion week.

No entanto, nos últimos anos não há evento de moda em Copenhaga que não tenha enorme cobertura. O street style roda logo por todo o mundo, não só porque é sempre a semana de moda que antecede as maiores do mundo, e é como que um aperitivo para o que está à porta (e que queremos muito ver), mas também pela moda cada vez mais popular que se vê nas ruas durante estes dias. Gostamos do estilo particular das dinamarquesas, mas acima de tudo gostamos da sua atitude. Pessoalmente, admiro a força delas, a auto-confiança, mente aberta, determinação e pensamento vanguardista em tudo. Uma tranquilidade e personalidade que só vejo igual nas mulheres francesas (para mim, as melhores das melhores) e isso transparece no estilo também.

Fiéis a si próprias, as dinamarquesas vestem-se no estilo mais effortless que podemos encontrar. Tal como as francesas, elas brilham pela naturalidade das suas escolhas, que resultam mesmo sem ter trabalho ou preocupações com o que vão usar ou exibir: elas vestem-se para si e é assim mesmo que deve ser (passo a vida a tentar espalhar esta mensagem). A diferença para as francesas, neste caso, é mesmo o estilo escolhido, porque já não é tão prático e artístico, mas sim sóbrio e minimalista. No entanto, dão-lhe sempre um pequeno twist para que o look final não seja aborrecido ou demasiado previsível. Mas a afirmação, descontração, descomprometimento e grandes doses confiança, esses estão lá sempre!

Sem nada a provar, estas mulheres estão seguras, certas de si e são uma inspiração, o que é sempre mais um motivo para espreitar o que vestem. Além disto, para além do óbvio minimalismo nas suas escolhas, acompanham muitas das novas tendências e algumas foram bem óbvias nestes dias mais focados na moda. Os coordenados de blazer e saia/calças/calção XL, os padrões animal e xadrez, as fanny bags, acessórios em plástico, os dad’s shoes e os calções de ciclista são alguns fortes exemplos. Pelas imagens vão poder ver quais as tendências que se viram mais. Mas, acima de tudo, desfrutem desta inspiração de moda diferente: a escandinava.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

No Comments