Out Jazz

Lisboa a tentar ser local.
A trazer aos poucos as práticas de todas as outras cidades do país, com mais conexão e convívio entre as pessoas e os naturais eventos constantes que as unem. O cartaz Out Jazz de 2018 já saiu:

A capital tenta ao máximo trazer-nos essa proximidade, mas vão faltar sempre as características das outras cidades:
✯ quase não é preciso combinar a ida com amigos, basta aparecer porque alguns já vão sempre lá estar;
✯ quando não estão, em dez minutos metem-se lá;
✯ quando aparecemos, acabamos sempre por encontrar tantas outras pessoas conhecidas – e frequentemente fazemos outros amigos e mais conhecidos;
✯ encontramos também familiares e o evento naturalmente prolonga-se para o jantar e noite, entre outras casas e pessoas diferentes das que inicialmente pretendíamos encontrar ali.

Em Lisboa nada funciona assim, mas Lisboa tenta. Dentro de todas as suas limitações, tenta replicar a fórmula – mesmo que estejamos rodeados de desconhecidos. A distância física (e não só) entre as pessoas é um facto, mas abraçam-se estas iniciativas dentro da realidade da grande cidade. E para os amantes de música de qualidade, as tardes de Out Jazz são imperdíveis! É claro que muitos aderem pelo ambiente e não pela música (cada vez melhor) no cartaz, mas, sejam quais forem as motivações, o evento é adorado por muitos, ou não estivesse ele no seu 12º ano!

Seja em que cidade for, do nosso país e também fora dele, não há melhor do que sair e desfrutar de boa música ao ar livre. Quando isso ainda é gratuito e os amigos se juntam, a vida é perfeita. O bom tempo está mesmo a chegar e o Out Jazz também. É já no dia 5 de maio que se estreia o cartaz de 2018, num mês muito mais forte que os seguintes, totalmente dedicado ao Jardim da Torre de Belém e ao Parque da Bela Vista. Com um livro na mão ou em (outra) boa companhia, são tardes a não perder.

E vocês, têm jardins e parques com eventos favoritos? Em que cidades?
Se ainda têm curiosidade de saber o que é o Out Jazz em Lisboa ou ter ideia do ambiente, podem espreitar este post antiguinho ou a página oficial do evento.

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 Comments

  • Joana says:

    Bells, vem visitar me a Leiria na semana do festival A Porta em Junho!! ;) assim ficas a saber os meus favoritos!! Hehe beijinhos

    • Belicious says:

      Tinha de aparecer logo uma recomendação para Leiria haha cidade incontornável, completa e com os habitantes mais entusiastas que já conheci! O festival parece simplesmente perfeito (artes visuais, literatura, música, cinema, wowww) e junho é o meu mês favorito para explorar tudo. Mas já vou aí dia 29, temos de falar sobre o assunto :)