Welcome back, Summer!

Nem sei bem o que pensar sobre esta chegada súbita de junho. Se procurarem no blogue, vão ver que este dia 1 é sempre uma enorme festa por aqui, porque é (ou era?) o meu mês favorito, mas ao mesmo tempo um enorme susto porque já é o sexto de mais um ano. Mais outro ano. Como assim?

 

 – What is life? –

 

E se junho traz sempre com ele tanta, tanta coisa boa e excitante, essa enorme lista de programas especiais não tem sido propriamente para mim durante a última década – a minha preciosa década dos 20’s. O que junho continua sempre a trazer-me é mais um ano, um enigmático ano, traz-me o verão, que tanto amo mas em que não toco, e traz-me sempre uma nova esperança, embrulhada num medo cada vez mais presente nos meus junhos.

Este dia da criança também me traz sempre recordações, daquelas mesmo boas. De todos os dias da criança que tive e de como os vivia intensamente, em festa. Apetece-me sempre ser criança neste dia! Deve ser por isso que sonho sempre junho em tantas cores… Porque começa assim, sempre da forma mais pura, a celebrar o melhor do mundo! Hoje a inspiração para junho tem mesmo de ser mais pura. A fazer justiça ao meu estado de alma, despida, e ao dia de hoje que celebra os mais puros seres e marca o início de um mês que se quer como um verdadeiro recomeço. Dá-me o teu melhor, junho. E volta a ser o que já foste, bem em forma, porque não consigo mais viver sem ti.

 

E com o regresso do bom tempo…
(Já viram o dia de hoje??)
Não se resiste, o Trendy Lisbon vai ter de voltar a mexer muito mais :)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

1 Comment