Healthy Break – Bolinho de Frango

Faço muitas experiências culinárias no mundo do saudável e fotografo muito a minha comida, não só porque me fascino com as cores dos pratos saudáveis e a fotografia é um dos meus grandes prazeres, logo não resisto, mas também porque fotografo muito o meu dia a dia, tenho fotos muito giras de todos os dias e isso inclui muitos cozinhados. Por registar tanto o que faço, passa-me muitas vezes pela cabeça vir partilhar ideias de alimentação saudável (entre tantas outras coisas), MAS:

i) sinto que já há tanta informação sobre isso e taaantos blogues bons (com imagens e cenários à altura) de “receitas fit” que me desmotivo de fazer estas reportagens (ou é só uma boa auto-desculpa para me poupar deste grande trabalho haha)

ii) as fotos que tiro são sempre tão caseirinhas (porque são para mim) que nunca as considero “post material” e também desvalorizo bastante as minhas receitas, porque são muito de improviso e são só o normal dos meus dias…


MAS (outra vez)
A verdade é que depois tenho sempre pessoas a perguntar “como fazes?” ou “quando começas a dar as receitas?” e eu, que penso que toda a gente consulta esses blogues cheios de soluções saudáveis maravilhosas se quiser, começo a pensar que afinal até era boa ideia avançar com esta vontade e ir partilhando algumas ideias. E se ajudar uma pessoa que seja a comer mais saudavelmente, eu juro que para mim já valeu a pena.

Assim, vou tentar começar a partilhar algumas “receitinhas fit” (nome do hashtag que podem seguir) das que vou experimentando e resultam, e também posso depois tentar partilhar alguns pratos mais normais dos que vou fazendo diariamente, com a particularidade de serem todos low-carb e totalmente clean – sem aditivos alimentares, sem açúcar, glúten ou laticínios (ah, e fritos também não entram).

Por saber que é difícil para muita gente imaginar uma alimentação assim durante todas as refeições da semana, porque parece extremamente monótono (e não é que não seja!), penso que posso dar uma ajudinha ao partilhar alguns pratos e assim dar ideias daquelas bem simples, para quando nem conseguimos pensar no óbvio para cozinhar para o jantar ou marmitas da semana. Estas eu não faço, porque trabalho em casa, mas todas as minhas refeições são perfeitas para marmita – toda a alimentação saudável é!

Vamos a isto?

Bolinho de Frango

Tinha umas sobras de peitos de frango cozinhados e estava farta de usá-los para saladas ou salteados. Lembrei-me de experimentar algo diferente e foi por isso que fui registando os passos – para o caso de sair bem eu mais tarde me lembrar de como fiz!

Esta receita dificilmente seria mais saudável e pode ser usada para fazer em vários formatos, eu escolhi fazer numa forminha de bolo inglês. Aqui ficam os ingredientes que usei:

[Para três refeições]
300g de frango cozinhado desfiado
2 ovos
2 claras de ovo
2 c.sopa de aveia
2 c.sopa de linhaça moída
1 c.chá de fermento
1 cebola pequena
1 tomate
3 dentes de alho laminado
Abóbora q.b.
Sal e temperos a gosto

 

Penso que a aveia também resultava em farelo ou mesmo em farinha.

Para temperar usei sal, pimenta preta, oregãos em abundância, alho em pó (sim, além do fresco, porque sei que para mim o alho nunca é demais), tomilho e ainda um bocadinho de açafrão.

Eu abuso mesmo das ervas aromáticas e especiarias
Porque são cheias de propriedades maravilhosas e normalmente carrego em tudo o que fez bem à saúde. Resultou tudo muito bem, menos a parte do sal, que usei muito contidamente.

Para meu desgosto, os meus coentros (frescos) tinham acabado, senão também tinha adicionado.

 

 

Trituram-se todos os ingredientes à exceção do frango.
Com uma varinha mágica ou no liquidificador transforma-se tudo em creme e em seguida incorpora-se o frango nessa massa.

 

 

Tinha cozido previamente os peitos de frango
Em água com sal, tomilho, açafrão e pimenta (daí estar amarelado)

Na hora de adicionar o frango, pode-se optar por qualquer outra proteína à escolha. Podia ter feito o mesmo bolinho com atum, por exemplo, o que era ainda mais fácil.

Da mesma forma, é nesta fase da receita (depois de triturada a base) que se podem colocar todos os alimentos que quisermos mastigar. Além do frango podia ter adicionado cogumelos, cenoura, brócolos, courgete, amêndoa palitada,espinafres… Ficava ainda mais completo, rico e saudável na mesma.

Quem for aberto a outros alimentos poderia também colocar fiambre ou queijo ou outros sabores mais intensos. É ir experimentando.

 

 

Envolve-se tudo e está pronto para ir ao forno, numa forma à escolha.

Já na forma, polvilha-se com oregãos e vai cozer durante cerca de 30 minutos a 200 graus, ou até ficar dourado.

(eu deixei 40min porque gosto sempre de tudo mais tostadinho)

 

 

O resultado final é muito compensador: douradinho e com um aroma delicioso.

Mal deixei o bolinho respirar, foi quase diretamente do forno para o prato.
Cortei três fatias pequenas para cada prato e acompanhei com brócolos e couvinhas de bruxelas – porque mal tinha incluído legumes no “bolo”.

 

 

Nos dias normais, nenhum dos nossos almoços e jantares inclui hidratos de carbono e por esse motivo esta refeição fugiu um bocadinho à norma, mas foi porque precisava muito de variar nas texturas e sabores  – e porque duas colheres de aveia e de linhaça a dividir por três refeições não matam!

Gostámos muito do resultado e sei que vou melhorar a receita e experimentar mais a partir desta base.

 

 

Para já, o que melhorava de imediato era o seguinte:

a) Retirava a abóbora, que foi uma invenção um bocadinho mais arriscada só porque já a tinha a jeito e de última hora decidi incluir, mas penso que prejudicou a receita

b) Usava um tomate mais pequeno (usei um enorme muito maduro) ou trocava por polpa, que é o mais usado nestas receitas

c) Esta é uma sugestão, para quem consumir laticínios: neste tipo de bolinhos usa-se muito os queijos magros para melhorar o resultado. Neste caso, para quem quiser eu sugeria adicionar duas colheres (de sopa) de queijo ricota ou de queijo creme light para melhorar em sabor e textura.

 

Gostaram da sugestão? Também apostam em receitinhas fit?

Eu adoro e sei que tenho uma vida inteira para ir experimentando e adaptando, mas para já é bom ir testando um bocadinho de tudo, a alegrar as rotinas saudáveis.

Espero voltar com mais “healthy breaks”, a fazer uma pausa nos assuntos de moda para falar de pequenas rotinas e truques diários que ajudam a nossa saúde e bem-estar.

Até já :)

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 Comments

  • Alexandra says:

    Receitinhas fit são sempre bem-vindas! Esta é super fácil e o aspectp é óptimo! Segues uma dieta em carbs ou só preferes evitá-los?

    • Belicious says:

      Obrigada, ainda bem que gostaste! Retirar totalmente os hidratos de carbono não seria uma estratégia realista a longo-prazo, por isso só não os como às refeições principais. Eu quero manter esta alimentação saudável de forma permanente e os “carbs” que se comem nas refeições principais não são saudáveis e não fazem falta ao corpo (muito pelo contrário), mas incluo outros mais saudáveis (e funcionais) ao longo do dia, como os frutos secos, “pão” saudável, fruta, aveia, panquecas fit, etc. É tudo uma questão de equilíbrio :)