Haute Couture Week – Four Of The Best

Não deu para deixar de partilhar mais umas quantas coleções da mais recente semana de alta costura. Para hoje, e muito resumidamente, deixo mais quatro das minhas favoritas. Se tiver meeeesmo de escolher só uma preferida, acho que vou por Ralph & Russo. Mas, mas, mas… Já foi tão difícil escolher estas quatro de hoje entre tantas outras! Todas com inspirações e temáticas diferentes, sendo cada uma perfeita na sua individualidade. Aqui ficam as minhas escolhas:

Armani Privé – Um regresso muito evidente aos anos 20 e 30, com total influência no movimento Art Déco dessa altura. Adorei mesmo cada look deste desfile (tanto que é o maior dos quatro, nem consegui excluir imagens!), toda a apresentação parece um espetáculo com direção artística e atrizes de cinema a exibir o seu glamour e feminilidade ao mais alto nível.

Giambattista Valli – O designer surpreendeu com uma série de looks muito fortes, modernos, a afirmar-se com silhuetas marcadas e adornos que chamaram a atenção, tudo num tom muito sexy, mas mais para a frente no desfile não resistiu aos seus (habituais) enormes vestidos de festa, a contrastar completamente com as novidades que estava a apresentar no início do desfile. Tudo maravilhoso de qualquer maneira.

Ralph & Russo – A inspiração e ponto de partida para esta coleção foi a atriz mexicana María Félix e a partir daqui já não vale a pena entrar em grandes descrições. O resultado é mesmo uma coleção de primavera linda, mais uma vez com influência do glamour cinematográfico, neste caso de origem latina, e os cortes assimétricos, cores primaveris, estilo muito jovem e refrescante, silhuetas muito femininas, cheias de personalidade. Não tem como não adorar tudo!

Alexandre Vauthier – Dos meus designer favoritos do momento. O que mais dizer? Sobre esta coleção, deixo uma definição que encontrei online: Couture para a mulher de hoje. (…) uma mulher francesa, uma mulher que goste de Moda”. Nesta coleção podemos ver sentir a inspiração francesa e talvez por isso a adore ainda mais. Tem sempre um pouco de masculino, mas sempre em chic. Neste caso os cortes foram inspirados nos anos 60, a sensualidade acentuou-se com a presença de alguma influência masculina na coleção e ainda podemos sempre contar com detalhes luxuosos que fazem toda a diferença. Só nesta coleção, Alexandre Vauthier utilizou à volta de 358.000 cristais Swarovski, na sua já habitual parceria com a marca. O resultado fala por si!

 

 

Armani Privé

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Giambattista Valli

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ralph & Russo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alexandre Vauthier

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

Leave a Reply to Teresa Dias Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

2 Comments

  • Os modelos são lindos demais!
    Adorei saber dos seus estilistas favoritos. *–*
    Beijos.
    Diário da Lady

  • Teresa Dias says:

    Olá, Isabel!
    Retribuo a visita ao “Rol de Leituras”!
    Gostei MUITO do que aqui vi e prometo voltar.
    Beijo.