The September Issues

Fiquei feliz há um mês atrás, quando descobri que esta seria a capa da Vogue Portugal para a (especialíssima) edição de setembro: Helena Christensen, a supermodelo dinamarquesa que teve o auge da sua carreira nos anos 90 e que ainda hoje se distingue pela sua beleza única, surge nua como cover girl da nossa Vogue aos 47 anos, num editorial que tem tanto de memorável como de inspirador.

O meu primeiro post de setembro aqui no blogue costuma ser um editorial de moda (não foi o caso deste ano), escolhido entre os muitos que são feitos com tanto cuidado e distinção para as edições de setembro – nunca me vou cansar de vir nesta altura lembrar que este é o janeiro do mundo da moda e todas as publicações de moda acompanham o nível de dedicação da indústria nesta fase! As edições de setembro são, portanto, quase de coleção, e como tal é sempre muito difícil de escolher. Morro sempre de amores pelas escolhas da British Vogue (que aproveita setembro para entrar naquela vibe londrina outonal irresistível), a Vogue americana, a Vogue Paris, a nossa Vogue Portugal… E depois temos todas as restantes Vogues, as Elle, Marie Claire e podíamos ficar aqui todo o dia a falar de como é difícil escolher. Felizmente, não temos de escolher: a inspiração chega de todos os lados e temos de gerir o tempo para aproveitar toda a moda a que temos direito.

No entanto, aqui para o blogue tenho de fazer escolhas e desta vez comecei o mês com a Vogue Portugal, porque é a nossa e adoro sempre que a Helena Christensen reaparece, mas também porque as leituras nesta altura do ano inspiram-me a triplicar e não há nada como devorar os conteúdos da Vogue na nossa língua
Este editorial a preto e branco mostra-nos a cru a beleza feminina, mas em todos os sentidos: a força de ser mulher e as escolhas de moda muito, muito modernas e independentes, que revelam a personalidade firme e ousada de uma mulher determinada. Todas queremos ser esta Mulher Vogue de Setembro, todas desejaríamos poder conservar-nos ao nível de Helena Christensen nestas imagens, e por isso esta é mais uma September Issue a não perder. Que haja espaço neste Trendy Lisbon para tanta inspiração de transição!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

No Comments