My Healthy Way – Bolo de Aniversário sem Culpas

Os posts abrandaram na última semana, por alterações na rotina e muitos motivos para andar de um lado para o outro, mas agora que tudo deve voltar aos eixos eu quero voltar ao ritmo normal de publicações por aqui. Destes dias “diferentes” trago uma receita especial e saudável que experimentei propositadamente para uma ocasião, mas que encaixava (mais ou menos) na nossa alimentação clean.

A minha mãe fez anos na semana passada e não ia haver bolo de aniversário para não estragar as nossas rotinas saudáveis. No entanto, hoje em dia há tantas formas de comer coisas deliciosas sem culpas, que decidi procurar alguma receita online que permitisse à aniversariante ter um bolo de anos e comê-lo com liberdade, sem estragar a dieta. O desafio? Que além de saudável fosse comestível.

Depressa percebi que precisava de viver várias vidas para conseguir escolher entre tudo o que se faz por aí de “saudável e delicioso”, mas a maioria das receitas leva ingredientes “saudáveis” que continuam a não fazer parte da nossa alimentação (como laticínios, mel ou outros adoçantes). Assim, decidi-me a fazer um banana bread, uma receita simples que fica entre o pão e o bolo e normalmente o único adoçante é a própria banana, pelo que resulta num snack saudável que sabe a bolo.

Era uma coisa que queria fazer há muito tempo e pensei ser ideal para a ocasião: fazer algo em forma de bolo inglês, que dá o aspeto de bolo de aniversário, dá para colocar velas e cantar os parabéns. Entre mil e uma coisas, encontrei esta receita; o blogue é de confiança e a review era boa, logo estava escolhido. No entanto, a minha irmã achou que a receita seria pouco doce para a ocasião – poderíamos cantar os parabéns após o almoço e comer “pão” como sobremesa não era ideal.

Decidi acrescentar doce à receita, mesmo saindo um bocadinho do ideal saudável a que nos habituámos (era só aquela vez). Adicionei então açúcar de côco à versão original (é um adoçante saudável) e um bocadinho de fermento (o único ingrediente não saudável, mas era para o bolo crescer e ficar com mais aspeto de festa). A minha forma é pequenina, pelo que sobrou muita massa e aproveitei para também fazer uns muffins saudáveis.

 

 

 

E quanto ao resultado final?…

Não estava com muito receio que corresse mal, porque não me comprometi a levar bolo para o dia de aniversário, era uma surpresa minha e o único objetivo era mesmo podermos apagar as velas em bolo saudável (se fosse bom de comer, era um extra). Para minha surpresa, logo aqui em casa foi aprovadíssimo pela minha cobaia privada, mal tinha saído do forno.

Os bolinhos deixei cá em Lisboa e foram um sucesso, mas é de notar que estamos em dieta permanente (nunca podemos comer pão ou alimentos doces), pelo que estas coisas que fogem à rotina sabem sempre bem – mesmo que não sejam uma delícia, parecem que sim.

Na minha opinião pessoal, não sei se não me saiu muito bem a receita, mas não fiquei muito convencida com o resultado. Acho que era mais em termos de aspeto, porque ficou um bolo com uma massa muito molhada e cinzenta e não me dava muita vontade de comer (mesmo em dieta). Mas quando provava gostava. Mas não tinha assim grande prazer. Mas outros juraram que sim. Bom, o melhor é partilhar a receita de qualquer maneira, até porque é tão fácil que vale a pena tentar (ou adaptar a gosto).

 

A aniversariante com o seu bolinho. E que linda está a minha avó aos 90 anos?

 

A receita que fiz foi exatamente a seguinte, com estes ingredientes:

  • 6 ovos bio
  • 4 bananas muito maduras
  • 150g de côco ralado
  • 20 amêndoas picadas (cerca de meia chávena)
  • 4 c.sopa de óleo de côco
  • 3 c.sopa de açúcar de côco
  • 1 c.café de fermento
  • Canela q.b.
  1. Esmagar as bananas com um garfo e reservar;
  2. Bater os ovos com o óleo de côco;
  3. Juntar as bananas esmagadas e os restantes ingredientes (excepto as amêndoas) e bater;
  4. Adicionar as amêndoas e mexer tudo. Deitar o preparado em forma forrada com papel vegetal
  5. Colocar em forno pré-aquecido a 180º e deixar cozer durante 30-40min

Eu deixei 35 minutos, talvez devesse ter ficado mais tempo. As bananas que usei também estavam pouco maduras, o que deve ter tido muita (má) influência no resultado final. O bolo também deve ficar melhor com nozes (receita original) que com as amêndoas.

Não tenho muita vontade de repetir a receita, mas fiquei muito entusiasmada por encontrar opções de pão/bolos/cookies saudáveis sem sair da alimentação clean. Estou com vontade de experimentar outros confortos saudáveis, prometo que os que saírem bem vêm diretamente para o blog!

As próximas experiências serão dentro do género, mas agora quero experimentar o banana bread em versão aveia (em vez de côco) e sem o adoçante adicionado, para ficar mesmo saudável. Deve ser ultra reconfortante. Têm alguma receita infalível para partilhar? :)

Posso estar a com dúvidas em relação ao bolo que fiz, mas a verdade é que era muito e não sobrou. Além disso, é uma receita sem glúten, sem açúcar, sem laticínios e sem aditivos alimentares (se não colocarem o fermento). Nem que seja por uma festa com saúde, vale a pena dar uma hipótese a estas receitas!

Aproveito para deixar mais um bocadinho deste dia diferente, de campo e de praia (Peniche tem o melhor dos dois mundos), em plena semana. Com os primeiros ares de primavera. Maravilhoso!

Detalhes lindos do quintal dos meus pais. Merecia uma reportagem mais dedicada, é uma inspiração. Faz-nos sorrir!

 

 

 

 

O meu pai num dos seus hobbies felizes – a jardinagem.

 

O seu fiel companheiro. O gato mais mimado do mundo!

 

Reflexo de um dia maravilhoso, a lembrar que o bom tempo está só a começar.

 

Na praia da Consolação, com Peniche ao fundo.

 

Com a mana e a mãe. E o mar. E o sol. E o silêncio… Dia bom!

 

Neste Dia Mundial da Saúde, obriguei-me a voltar com a minha rubrica saudável

Era resolução deste ano falar muito mais de saúde, mas quando entramos em contas vemos que já é abril e estou a falhar neste objetivo. Que se aproximem muitas mais receitas e partilhas saudáveis neste Trendy Lisbon.

Eu prometo fazer um esforço e voltar com muito mais!

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

No Comments